Conceitos farmacêuticos #1

Uma vez que existem muitas dúvidas por parte das pessoas não ligadas à área da saúde, gostava de esclarecer alguns conceitos farmacêuticos, os quais vos deixarei em vários posts. Neste #1, veremos então:

O que é a posologia?

A posologia é, essencialmente, o modo como de deve tomar um medicamento. Por exemplo, geralmente o paracetamol de 1 g é tomado por adultos na posologia de 1 comprimido de 8h em 8h.

O que é a dosagem?

A dosagem é a quantidade de substância activa presente no medicamento. No exemplo anterior, a dosagem do comprimido de paracetamol é 1g, uma vez que cada comprimido contem 1 g de paracetamol.

O que é a substância activa?

A substância activa é a substância responsável pela acção terapêutica do medicamento. Isto é, novamente no exemplo anterior, a substância activa é o paracetamol, uma vez que é aquele que terá a acção desejada (analgésica ou anti-pirética – noutro post iremos a estes conceitos).

O que são excipientes?

Os excipientes são as substâncias presentes no medicamento que não são directamente responsáveis pela sua acção terapêutica. Ainda assim, são de extrema importância na formulação podendo, por exemplo, permitir que a substância activa seja libertada no local pretendido no nosso corpo, entre outras funções que podem ter.

O que são formas farmacêuticas? 

É a forma em que o medicamento se apresenta. Em breve farei outro post sobre este tema, mas podemos ter, por exemplo, cápsulas, comprimidos, pomadas, emulsões, ampolas, etc.

O que são efeitos secundários?

efeito secundário de um medicamento, que pode ser prejudicial ou benéfico, porém é esperado e explicado pelo mecanismo de ação do mesmo. Ocorre com as doses terapêuticas usuais do medicamento

Um efeito secundário é um sintoma ou efeito indesejado causado por um medicamento. Por exemplo, dores de cabeça ou prurido (comichão). Por vezes é difícil ter a certeza se os sintomas são de facto causados pelo medicamento em questão. Os efeitos secundários possíveis já estudados estão reportados no folheto informativo do medicamento. Se detectar um novo efeito adverso, deverá reportar à autoridade competente, o INFARMED, através do seu site (http://www.infarmed.pt/web/infarmed/-/notificar-efeitos-secundarios?inheritRedirect=true) ou através do seu farmacêutico.

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: